Conheça Caio Ramos, o campeão de jiu-jitsu

Caio Felipe Ramos nasceu em 21 de janeiro de 2004, na Maternidade Darcy Vargas, em Joinville, após um trabalho de parto muito complicado. Mas como tudo nessa vida tem uma explicação, aquele momento difícil fez nascer uma mãe, Juliana Ramos, e um menino que desde o início se acostumou a lutar: pela vida e pela família. 

E foi lutando, anos depois, que Caio Felipe encontrou a solução para um possível diagnóstico de hiperatividade. Aos oito anos, entrou para um projeto social para aprender Jiu-Jitsu na Escola Municipal Padre Valente Simioni, no Bairro Aventureiro. Marciano dos Santos, instrutor que o acompanha desde então, conta que já no início percebeu que Caio era um atleta diferenciado. 

A partir de 2008, Caio participou de dezenas de competições. Perdeu algumas e ganhou outras tantas. Conquistou medalhas e cinturões. Tudo isso sem perder o foco e a humildade. É um garoto estudioso, dedicado, talentoso, batalhador. Um menino que literalmente luta pelo seu futuro. 

Números do atleta

0
medalhas
0
1º lugar
0
2º lugar
0
3º lugar
0
cinturões

Melhor faixa verde do Brasil

Caio Felipe Ramos, 15 anos, conquistou o título de melhor faixa verde do País no GP da liga da Copa Pódio, evento que reuniu os melhores lutadores faixa verde (até 67kg) do Brasil, em São Paulo, no segundo fim de semana de janeiro de 2019. 

Um início de ano e tanto para o jovem que treina desde os oito anos e que se dedica diariamente a aprender e aprimorar os fundamentos da arte suave criada pelos brasileiros Carlos Gracie e Hélio Gracie, os patriarcas da família Gracie. 

“Agora vou focar na competição no Rio de Janeiro. Se vencer, vou mostrar que sou o melhor faixa verde do mundo. Estou muito feliz”, diz o garoto do alto dos seus 1,67m e 62kg.

Notícias do nosso campeão

O que dizem sobre o Caio

O Caio é um menino muito talentoso. Começou a treinar comigo há cerca de seis anos em um projeto social. Logo no início percebemos que ele era diferenciado. As conquistas dele são resultado de muito esforço e de treino pesado. Por isso ele está se destacando no Brasil e esperamos que no resto do mundo também.
Marciano dos Santos
Instrutor de jiu-jitsu
Apesar de ser um rapaz novo, o Caio é extremamente focado e dedicado. É muito talentoso. Às vezes um atleta talentoso é superado por um atleta esforçado. O que diferencia o Caio é que além de ter muito talento, ele é muito esforçado. É um atleta excepcional. A união de esforço e talento torna o jiu-jitsu dele mais avançado do que o de muitos atletas na idade dele.
Fernando de Souza Corrêa
Responsável técnico pela Rilion Gracie Joinville, faixa preta de jiu-jitsu 3° grau, formado em educação física
Mãe é sempre suspeita, mas meu marido e eu temos muito orgulho do Caio. Desde o início apoiamos e incentivamos que ele lute jiu-jitsu e estamos sempre correndo atrás de patrocínio, porque vemos que ele tem um enorme potencial para ser orgulho do Brasil. Só queremos vê-lo feliz fazendo o que gosta.
Juliana Ramos
Mãe

Galeria de fotos

quem apoia o nosso atleta

Entre em contato